Buscar em
 

IA 270 - Batata:Tecnologias e sustentabilidade da produção


R$ 10,00

Compre já: IA 270 - Batata:Tecnologias e sustentabilidade da produção V.33 N.270 Set./out. 2012 - 120 pág.

V.33 N.270 Set./out. 2012 - 120 pág. -

Batata: tecnologias e sustentabilidade da produção

v.33 n.270 set./out. 2012


APRESENTAÇÃO

A batata, em termos mundiais, é uma das principais culturas utilizadas como alimento, com produção anual de 300 milhões de tonela¬das superada apenas pelo arroz, trigo e milho. É a hortaliça mais importante, tanto em quantida¬de produzida quanto em quantidade consumida.
No Brasil, tem-se observado nas últimas dé¬cadas grande transformação na bataticultura. Do cultivo tradicional, praticado em regiões de altitu¬de elevada e clima ameno, por pequenos produ¬tores, com uso de mão de obra familiar, a cultura migrou para novas áreas, sobretudo no Cerrado. Evoluiu no uso da mecanização, da irrigação, do controle racional de doenças e pragas, do manejo do solo e da cultura, permitindo o cultivo de gran¬des lavouras e durante todos os meses do ano.
Entretanto, ainda há muitos desafios a ser superados, para que o Brasil possa aumentar a sua competitividade: custo de produção bastan¬te elevado, mercado com períodos críticos de oscilação no preço pago pelo produto, elevado porcentual de perdas após a colheita, cultiva¬res utilizadas nem sempre atendem o desejo do consumidor, queda no consumo do produto in natura e dependência da importação de batata-semente e de batata processada, principalmente pré-frita congelada na forma de palito.
Portanto, é preciso incentivar a organização do setor produtivo e aplicar técnicas de gestão na propriedade, visando reduzir o custo de pro¬dução. Incentivar o planejamento adequado para saber quando e quanto produzir. Melhorar o siste¬ma de comercialização do produto in natura, com adoção das práticas de segmentação de mercado.
Nesta edição do Informe Agropecuário são abordados todos estes temas, com informações relevantes para orientar agricultores e técnicos ligados à cadeia produtiva da batata, visando garantia de produção com sustentabilidade.

Joaquim Gonçalves de Pádua
Mário Sérgio Carvalho Dias
Hugo Adelande de Mesquita





SUMÁRIO

Evolução e desafios da bataticultura em Minas Gerais
José Daniel Rodrigues Ribeiro, Guilherme Henrique Martins Rodrigues Ribeiro e César Augusto Brasil Pereira Pinto
Batata-semente: busca pela autossuficiência e qualidade
Élcio Hirano e Giovani Olegário da Silva
Ecofisiologia da batata: adaptação às alterações climáticas
Thiago Leandro Factor, José Carlos Feltran, Hilário da Silva Miranda Filho, Newton do Prado Granja e Sebastião Lima Junior
Cultivares: a escolha correta faz a diferença
Joaquim Gonçalves de Pádua, Hugo Adelande de Mesquita, Ezequiel Lopes do Carmo, Thaís Helena de Araújo e Henrique da Silva Silveira Duarte
Manejo cultural da batata: do plantio à comercialização
Paulo César Tavares de Melo, Thaís Helena de Araújo, Raul Maria Cassia, José Daniel
Rodrigues Ribeiro e Joaquim Gonçalves de Pádua
Fertilização da cultura da batata
Hugo Adelande de Mesquita, Joaquim Gonçalves de Pádua, Jony Eishi Yuri e Thaís Helena de Araújo
Controle integrado das doenças da batata
Laércio Zambolim e Henrique da Silva Silveira Duarte
Manejo integrado de pragas da batateira
Rogério Antônio Silva, Júlio César de Souza e Thiago Alves Ferreira de Carvalho
Manejo pós-colheita: evitar perdas para otimizar lucros
Gilmar Paulo Henz e Marcos David Ferreira
Processamento da batata no Brasil: situação atual e perspectivas
Ezequiel Lopes do Carmo, Magali Leonel e Joaquim Gonçalves de Pádua
Segmentação do mercado da batata: a experiência de Minas Gerais
Joaquim Oscar Alvarenga, Joaquim Gonçalves de Pádua e Wilson Guide da Veiga Junior

SEDE: Av. José Cândido da Silveira, 1647 • União • BH • MG • CEP:31170-495 • TEL.: (31) 3489-5000