Buscar em
 

BT 108 - Pragas das flores comestíveis e estratégias de manejo


R$ 8,00

Compre já: BT 108 - Pragas das flores comestíveis e estratégias de manejo BT Nº108 - 56 páginas

BT Nº108 - 56 páginas -

SUMÁRIO


APRESENTAÇÃO 9
INTRODUÇÃO 11
PRAGAS DAS FLORES COMESTÍVEIS 12
Abelha-irapuá (Hymenoptera: Apidae) 12
Ácaros fitófagos (Acari: Tetranychidae) 13
Besouros-desfolhadores (Coleoptera: Chrysomelidae e Lagriidae) 15
Cochonilhas (Hemiptera: Pseudococcidae e Coccidae) 18
Formigas (Hymenoptera: Formicidae) 21
‘Fungus gnats’ (Diptera: Sciaridae) 23
Gafanhotos, grilos e paquinhas (Orthoptera) 24
Lagartas (Lepidoptera) 26
Moscas-brancas (Hemiptera: Aleyrodidae) 28
Moscas-minadoras (Diptera: Agromyzidae) 30
Pulgões (Hemiptera: Aphididae) 32
Tripes (Thysanoptera: Thripidae) 36
ESTRATÉGIAS PARA O MANEJO DAS PRAGAS 39
Monitoramento das pragas 41
Medidas de controle 43
REFERÊNCIAS 53
BIBLIOGRAFIA CONSULTADA 55

APRESENTAÇÃO

As flores comestíveis são tendência da floricultura atual e vêm ganhando espaço no meio gastronômico. Essas delicadas flores acrescentam sabor, textura, aroma e cor às preparações culinárias. Cada vez mais as flores têm sido usadas para acompanhar sofisticados pratos culinários, com toque especial de chefs e nutricionistas. Essa demanda tem levado os agricultores a ampliarem a oferta dessas flores no mercado.
A produção de flores comestíveis tem proporcionado novas opor- tunidades de negócios no campo, gerando renda e emprego. Diante desse potencial, o Programa Estadual Flores, Hortaliças e Plantas Medicinais da EPAMIG realiza pesquisas com algumas espécies que produzem flores comestíveis, visando desenvolver tecnologias para o seu cultivo em sistemas de produção orgânico e agroecológico. Nesses sistemas é importante o conhecimento das pragas que podem atacar as plantas, para que sejam utilizadas estratégias adequadas para seu manejo. No caso das flores comestíveis são escassas as informações sobre a ocorrência de pragas.
Assim, neste Boletim Técnico estão reunidas informações que têm por objetivos contribuir para o conhecimento das pragas que podem ocorrer no cultivo de flores comestíveis e auxiliar o agricultor na adoção de medidas adequadas para o seu controle.


Nilda de Fátima Ferreira Soares
Presidente da EPAMIG

SEDE: Av. José Cândido da Silveira, 1647 • União • BH • MG • CEP:31170-495 • TEL.: (31) 3489-5000